Mais uma ação reconhece o vínculo empregatício entre a Uber e seus motoristas, desta vez em São Paulo. A ação foi julgada pela 13a. Vara da Capital. Essa decisão se junta a outra julgada em Belo Horizonte, que também reconhecera o vínculo. Antes, havia sido prolatada em outro processo decisão que não reconheceu a existência da relação de emprego. No entanto, nessa ação a Uber fez acordo com o trabalhador antes do julgamento do recurso no Tribunal.

Eis a decisão na íntegra:

https://files.acrobat.com/a/preview/ca1fbe5d-0f38-45bc-9d36-c03677a33f20